Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge
siga-nos RSS Facebook Twitter YouTube

Página Inicial

_Noticias
No ano passado, o Instituto Ricardo Jorge publicou mais de 150 artigos científicos em revistas internacionais da especialidade. Entre 2013 e 2016, registou-se uma evolução em praticamente todos os indicadores relacionados com a produção científica literária do Instituto, por exemplo, no número de comunicações orais e posters em reuniões científicas. Ver Detalhe
O Instituto Ricardo Jorge realizou, em 2016, cerca de meio milhão de determinações analíticas diferenciadas em diferentes áreas de prestação de serviços. A maior parte destas determinações verificaram-se nas áreas da genética humana, das doenças infeciosas e das doenças não transmissíveis. Ver Detalhe
 
O Instituto Ricardo Jorge e o Centro de Engenharia Biológica (CEB) da Universidade do Minho promovem, dias 13 e 14 de julho, em Braga, a 2ª Conferência Internacional sobre Contaminantes Químicos em Alimentos (ICFC 2017). A submissão de resumos para comunicações orais ou sob a forma de poster deverá ser efetuada até 28 de abril. Ver Detalhe
No ano passado, realizaram-se mais 2521 "testes do pezinho" do que em 2015, segundo dados do Programa Nacional de Diagnóstico Precoce, coordenado pelo Instituto Ricardo Jorge. O distrito de Lisboa foi onde se verificou o maior aumento de recém-nascidos estudados (mais 703 do que em 2015) e também onde mais bebés foram estudados (25304), seguido dos distritos do Porto (16176), Setúbal (6590) e Braga (6538). Ver Detalhe
 
 

O Instituto Ricardo Jorge e a Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais assinaram, dia 20 de janeiro, um protocolo de cooperação para a realização de análises clínicas a reclusos de diversos estabelecimentos prisionais. As análises previstas no protocolo abrangem a necessidade de prevenção, verificação e confirmação de algumas doenças infecto-contagiosas, bem como de outras situações clínicas.

Em 2013 e 2014, as taxas de incidência global da Doença Invasiva Meningocócica (DIM) registadas em Portugal estão dentro dos valores estimados para a Europa em 2012 e confirmam a tendência decrescente que tem sido observada em Portugal desde 2003. Este é um dos principais resultados apresentados no mais recente relatório sobre a DIM, elaborado pelo Instituto Ricardo Jorge em colaboração com a Direção-Geral da Saúde.

Conheça a última edição do Boletim Epidemiológico Observações, publicação científica editada pelo Instituto Ricardo Jorge. Este número especial é dedicado em exclusivo à Alimentação e Nutrição, em particular às áreas da Promoção de uma Alimentação saudável e da Segurança alimentar.

Já se encontra disponível o primeiro relatório de resultados do Inquérito Nacional de Saúde com Exame Físico (INSEF), elaborado pelo Departamento de Epidemiologia do Instituto Ricardo Jorge, relativo ao estado de saúde da população residente em Portugal, em 2015, com idade compreendida entre os 25 e os 74 anos. A publicação apresenta indicadores da prevalência da diabetes, da hipertensão arterial, do colesterol total elevado e da obesidade e excesso de peso.
O Instituto Ricardo Jorge vai investir até ao final do ano cerca de 2,3 milhões de euros na requalificação de várias infraestruturas e equipamentos laboratoriais e de apoio à gestão. Parte significativa desta verba será aplicada na implementação de um novo sistema de informação para a gestão de processos e procedimentos laboratoriais, financiado ao abrigo do programa SAMA 2020.
O livro "A(s) Problemática(s) da Natalidade. Uma Questão Social, Económica e Política" foi apresentado, dia 16 de janeiro, no Auditório Sedes Nunes do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa. Organizada por Vanessa Cunha, Duarte Vilar, Karin Wall, João Lavinha e Paulo Trigo Pereira, a obra reúne mais de três dezenas de textos sobre o tema da natalidade.
O nível de escolaridade encontra-se associado ao excesso de peso e obesidade, especialmente no sexo feminino, dado que as mulheres com ensino superior apresentam um menor risco de desenvolver excesso de peso e obesidade, comparativamente às mulheres com ensino pré-escolar. Esta é a principal conclusão de um estudo elaborado pelo Departamento de Epidemiologia do Instituto Ricardo Jorge.
O Instituto Ricardo Jorge, enquanto Centro Colaborativo da Organização Mundial da Saúde/Europa, promove, com o apoio do Ministério da Saúde, a 3ª Conferência Internacional de Obesidade Infantil (CIOI 2017). O evento terá lugar, entre os dias 5 e 8 de julho, na Fundação Champalimaud, e tem como objetivo, entre outros, agregar e discutir as questões relacionadas com  a Obesidade Infantil, em Portugal e ao nível mundial.
O Instituto Ricardo Jorge, através do seu Departamento de Saúde Ambiental, vai organizar, nos dias 23 e 24 de fevereiro, mais uma edição do curso "Exposição profissional a agentes biológicos", destinado principalmente a engenheiros sanitaristas, médicos de saúde ocupacional e de saúde pública, responsáveis de segurança no trabalho e técnicos de saúde ambiental. Data limite de inscrição: 10 de fevereiro.
_Destaques
ISN
Inquérito Serológico Nacional 2015-2016
Vigilância integrada clínica e virológica da gripe; Rede médicos sentinela e serviços de urgência.
Plano de Formação para a promoção e melhoria de competências em Saúde Pública.
Inquérito Nacional de Saúde com Exame Físico 2013-2016
Situação epidemiológica da infecção VIH/SIDA, caracterizada segundo as principais categorias de transmissão.
Perguntas mais Frequentes
Promoção, prevenção e gestão de doenças crónicas; Boas práticas.
Programa Nacional de Avaliação Externa da Qualidade dos Laboratórios.
Rede de Vigilância de Vetores. Culicídeos - mosquitos. Ixodídeos - carraças
Vigilância Epidemiológica das Resistências aos Antimicrobianos
Boas práticas de nutrição e segurança alimentar
Tabela da Composição de Alimentos disponível para pesquisa gratuita.
Redes de Partilha de Informação em Segurança Alimentar e Nutrição
Diagnosticar doenças nas primeiras semanas de vida do bebé e tratá-las precocemente.
Boletim Epidemiológico Observações
Ações para o desenvolvimento em saúde, com parceiros internacionais.
O Plano Nacional de Saúde acaba de ser revisto e estendido até 2020. Conheça os novos grandes desígnios.
Acesso a áreas reservadas para utilizadores previamente credenciados pelo INSA