Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge
siga-nos RSS Facebook Twitter YouTube
Enviar E-mail
 
 

 Projeto GERIA – Estudo Geriátrico dos Efeitos na Saúde da Qualidade do Ar Interior em Lares da 3ª Idade de Portugal 

 

Coordenador/Investigador Responsável: João Paulo Teixeira

Equipa de projeto: Ana Sofia Mendes, Susana Pinho e Silva, Maria Paula Neves, Lívia Aguiar, Diana Mendes, Maria do Carmo Proença, Manuela Cano, Fátima Aguiar, Ana Nogueira, Nuno Neuparth, Catarina Pedro, Iolanda Caires, Pedro Martins, Maria Amália Botelho, Maria Guarino, Teresa Marques, Paulo Paixão, Cátia Piedade, Patrícia Paquete, Maria Vieira Rodrigues, Maria Chasqueira, João Marques, José Martins, João Viegas, Armando Pinto, Hildebrando Teixeira da Cruz, Daniel Aelenei, Stefano Bonassi (Consultor).

Parceria: Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, Faculdade Ciências Médicas – UNL, Faculdade de Ciências e Tecnologia - UNL, Laboratório Nacional de Engenharia Civil.

Parceiros não oficiais: Fundação Porto Social e Santa Casa da Misericórdia do Porto.

Financiamento: PTDC/SAU-SAP/116563/2010 - Fundação para a Ciência e Tecnologia e COMPETE – Programa Operacional Fatores de Competitividade

Duração: 36 meses

Objetivos: Clarificar qual o papel desempenhado pela qualidade do ar interior (QAI) e pela ventilação no bem-estar e qualidade de vida dos idosos residentes em lares da 3ª idade.

Âmbito/Atividades previstas: Propomo-nos estudar as características construtivas e a QAI dos edifícios, bem como a saúde dos idosos residentes em lares da 3ª idade em duas fases distintas:

  • Fase I (64 lares da 3ª idade: 23 no Porto e 41 em Lisboa):
    • Aplicação de questionários de saúde e qualidade de vida;
    • Caracterização do edificado e da envolvente urbana através da aplicação de questionário sobre as características do edificado, levantamento das estratégias de ventilação e práticas dos utilizadores e de medições pontuais de dióxido de carbono, temperatura do ar e humidade relativa do ar.
       
  • Fase II (20 lares da 3ª idade: 7 lares no Porto e 13 lares em Lisboa):
    • Avaliação da QAI através da monitorização de agentes químicos e microbiológicos e da avaliação do conforto térmico;
    • Estudo da ventilação através de ensaios da permeabilidade ao ar da envolvente e monitorização de caudais de ventilação;
    • Avaliação do estado de saúde dos idosos através da aplicação de questionários de saúde e qualidade de vida, recolha de amostras de condensado brônquico e de secreções para identificação de vírus.

Áreas de Projeto: Ciências da Saúde - Saúde Pública e Fatores Ambientais - Engenharia

Departamentos: UASO-P e UASO-L

Áreas de Trabalho: Ar e Saúde Ocupacional

Conclusões esperadas: Avaliação da relação entre a QAI e a saúde em populações suscetíveis, promovendo a qualidade de vida nos idosos residentes em lares da 3ª idade.


Áreas de projecto : Observação de Saúde

Departamentos: Saúde Ambiental

Áreas de trabalho: Ar e Saúde Ocupacional