Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge
siga-nos RSS Facebook Twitter YouTube
Enviar E-mail
 
28-10-2016 

 Rede Médicos-Sentinela – Relatório 2015 

 
 

No âmbito da reunião anual da Rede Médicos-Sentinela que decorre no dia 28 de outubro em Coimbra, o Instituto Ricardo Jorge, através do seu Departamento de Epidemiologia, divulga o relatório de atividades da rede referente ao ano de 2015.

A Rede Médicos-Sentinela é um sistema de observação em saúde constituído por um conjunto de Médicos de Família que exercem funções numa Unidade de Saúde Familiar ou Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados. Tem como principais objetivos: i) contribuir para a vigilância epidemiológica nacional, estimando taxas de incidência de diversos problemas de saúde agudos e crónicos, permitindo o acompanhamento da tendências e a identificação precoce de surtos; ii) criar uma base de dados nacional que possa contribuir para a investigação em serviços de saúde no âmbito dos cuidados de saúde primários.

Do presente relatório destacam-se os seguintes resultados e conclusões:

  • A taxa de incidência da diabetes mellitus tipo 2, na população com 25 ou mais anos de idade, foi 789,5 casos por 105 utentes;
  • A taxa de incidência da hipertensão arterial, na população com 25 ou mais anos de idade, foi 1.241,6 casos por 105 utentes;
  • A taxa de incidência de enfarte agudo do miocárdio, na população com 35 ou mais anos de idade, foi 217,9 por 105 utentes;
  • A taxa de incidência de acidente vascular cerebral, na população com 35 ou mais anos de idade, foi 287,6 por 105 utentes;
  • Todos os problemas estudados apresentaram maior incidência no sexo masculino;
  • Em relação a anos anteriores, observou-se uma redução das estimativas pontuais da incidência de acidentes vasculares cerebrais.

Consulte o relatório em acesso aberto aqui.