Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge
siga-nos RSS Facebook Twitter YouTube
Enviar E-mail
 
16-01-2017 

 Museu da Saúde - Peça do 1º trimestre de 2017 

 
 

Em fevereiro de 2017, passam 100 anos da morte de Oswaldo Cruz (1872-1917). Para assinalar essa data, o Museu da Saúde escolhe como peça do 1º trimestre de 2017 o forno de Pasteur, uma peça do Museu da Vida (Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz).

Criado em meados do século XIX, o forno de Pasteur era utilizado para a esterilização de instrumentos de metal e vidro por meio do calor seco. Consiste numa câmara, com paredes ocas, dotada de um aquecedor a gás localizado na base. Na parte superior, encontra-se uma tampa por onde se introduziam os objetos para desinfeção. Na parte lateral, localiza-se uma chaminé para eliminação de vapores.

No Instituto Oswaldo Cruz (Rio de janeiro), este equipamento foi utilizado nas atividades do laboratório de bacteriologia e protozoologia do Pavilhão da Peste, edifício construído no início do século XX, exclusivamente para abrigar as atividades de preparação do soro e vacinas anti-pestosas.

Oswaldo Cruz foi um célebre médico, bacteriologista e sanitarista brasileiro. Foi um pioneiro no estudo das doenças tropicais no Brasil, responsável pela criação do Instituto Soroterápico Federal (instituto antecessor da Fundação Oswaldo Cruz) e Diretor Geral de Saúde Pública.

A "Peça do Trimestre" é uma iniciativa do Museu da Saúde, em colaboração com as instituições suas parceiras, com vista a divulgação das respetivas coleções e que destaca, trimestralmente, um objeto documentado no âmbito do inventário museológico da Saúde, nomeadamente pela Cruz Vermelha Portuguesa, pelo Instituto de Higiene e Medicina Tropical e pelo Museu da Vida (Fundação Oswaldo Cruz).