Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge
siga-nos RSS Facebook Twitter YouTube
Enviar E-mail
 
11-05-2015 

 Inquérito Serológico Nacional 2015-2016: Instituto Ricardo Jorge e ACSS assinaram contrato de financiamento 

Inquérito Serológico Nacional 2015-2016: Instituto Ricardo Jorge assinaram contrato de financiamento 
 

European Economic Area GrantsO Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Instituto Ricardo Jorge) e a ACSS (Administração Central de Serviços de Saúde) assinaram no passado dia 8 de maio o contrato de financiamento do projeto “Inquérito Serológico Nacional 2015-2016”. Este projeto tem como principal objetivo fornecer informação sobre a prevalência de algumas doenças transmissíveis, de forma a melhorar a sua prevenção e tratamento.
 
Para tal pretende-se realizar um inquérito serológico à população portuguesa, numa amostra aleatória da população residente no país, estratificada por região e grupo etário. Este inquérito vai permitir conhecer a prevalência de anticorpos específicos para as doenças que integram o Plano Nacional de Vacinação (PNV), bem como para outros agentes infeciosos com impacto negativo em saúde pública.

A informação recolhida permitirá conhecer a imunidade, a título individual, da população portuguesa em relação às doenças abrangidas pelo PNV assim como o perfil serológico da população para as outras doenças com particular relevância em saúde pública. Os dados obtidos podem ser usados para avaliar o PNV e a implementação de diretrizes nacionais para as infeções sexualmente transmissíveis, contribuindo assim para intervenções específicas em saúde pública maximizando os ganhos em saúde.

Pressupõe-se angariar para o estudo indivíduos que necessitem de ser submetidos a colheita de sangue para fins de rotina de avaliação do estado de saúde desde que não apresentem os critérios de exclusão previamente definidos. A participação neste estudo não tem qualquer custo para os participantes.
 
Este projeto tem um financiamento de cerca de setecentos mil euros, dos quais 85% são assegurados pela Islândia, Liechtenstein e Noruega, através do Programa Iniciativas em Saúde Pública dos EEA Grants e 15% pelo Estado Português. Os EEA Grants (European Economic Area Grants) destinam-se a apoiar iniciativas e projetos em diversas áreas programáticas, com vista a reduzir as disparidades económicas e sociais e reforçar as relações bilaterais entre os Estados Doadores e os Estados Beneficiários.
 
A assinatura teve lugar na Sede da ACSS, em Lisboa. O Instituto Ricardo Jorge foi representado pelo seu vogal do Conselho Diretivo, José Maria Albuquerque, e a ACSS pelo presidente do Conselho Diretivo, Rui Santos Ivo.