Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge
siga-nos RSS Facebook Twitter YouTube
Enviar E-mail
 
06-05-2016 

 Diretora do Instituto de Saúde Pública da Noruega visita Instituto Ricardo Jorge 

 
 

A diretora do Instituto de Saúde Pública da Noruega, Camilla Stoltenberg, visitou, dia 6 de maio, o Instituto Ricardo Jorge, em Lisboa, tendo assistido a breves apresentações sobre algumas das principais atividades desenvolvidas pelo Instituto, nomeadamente na área das Doenças Infeciosas e da Epidemiologia. Camilla Stoltenberg realizou ainda uma apresentação sobre o Instituto de Saúde Pública da Noruega intitulada "Um sistema de informação de saúde para apoiar a investigação em saúde pública".

O Inquérito Nacional de Saúde com Exame Físico (INSEF) e o Inquérito Serológico Nacional (ISN), promovidos e desenvolvidos pelos Departamentos de Epidemiologia e de Doenças Infeciosas do Instituto Ricardo Jorge, respetivamente, foram dois dos principais temas abordados durante a visita. Estes dois inquéritos contam com o apoio financeiro do Programa Iniciativas em Saúde Pública (EEA Grants), que visa reduzir as disparidades económicas e sociais e reforçar as relações bilaterais entre os Estados Doadores e os Estados Beneficiários.

O INSEF tem como finalidade contribuir para a melhoria da saúde dos Portugueses, apoiando atividades nacionais e regionais de observação e monitorização do estado de saúde da população, a avaliação dos programas de saúde e a investigação em saúde pública. O ISN pretende determinar a prevalência de anticorpos específicos para os agentes das doenças evitáveis pela vacinação que integram o Programa Nacional de Vacinação, bem como a prevalência de alguns agentes infeciosos virais e bacterianos com impacto e relevância em saúde pública, associados a infeções sexualmente transmissíveis.

Já no próximo dia 31 de maio serão apresentados publicamente os primeiros resultados do INSEF, numa conferência que terá lugar no Auditório José Mariano Gago, no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa. Serão apresentados indicadores relativos à população com idade entre os 25 e os 74 anos de idade, residente em Portugal em 2015, sobre o seu estado de saúde (obesidade, diabetes, colesterolémia, hipertensão arterial), determinantes de saúde e fatores de risco (atividade física, alimentação, tabaco, álcool) e cuidados de saúde (saúde oral, análises clínicas, rastreios a doença oncológica).