Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge
siga-nos RSS Facebook Twitter YouTube
Enviar E-mail

 Inquérito Serológico Nacional 2015-2016

 

Encontra-se a decorrer o Inquérito Serológico Nacional (ISN) 2015-2016, iniciativa promovida pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Instituto Ricardo Jorge), através do Departamento de Doenças Infeciosas e do Departamento de Epidemiologia, em parceria com outras entidades.

O recrutamento de participantes é efetuado nos laboratórios de análises clínicas parceiros neste estudo: Laboratório de Análises Clínicas Dr. Joaquim Chaves e rede de laboratórios LABCO. Paralelamente, também colaboram com o ISN outros Laboratórios de Análises Clínicas e os Serviços de Saúde das Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores.

O INS 2015-2016 é o 3º inquérito a ser realizado em Portugal e o primeiro que abrange todo o território nacional (continente e regiões autónomas).

Qual o objetivo do Inquérito Serológico Nacional?

Com o presente estudo pretende-se determinar a prevalência de anticorpos específicos para os agentes das doenças evitáveis pela vacinação que integram o Programa Nacional de Vacinação (PNV), bem como a prevalência de alguns agentes infeciosos virais e bacterianos com impacto e relevância em saúde pública, associados a infeções sexualmente transmissíveis.

Assim, entre as doenças evitáveis pela vacinação será determinada a prevalência de anticorpos IgG para:  Bordetella pertussisCorynebacterium diphteriaeClostridium tetaniHaemophilus influenzae tipo b; Vírus da hepatite A; Vírus da hepatite B (Ag HBs, Ac HBs, Ac HBc); Vírus da parotidite epidémica; Vírus da poliomielite 1; Vírus da poliomielite 2; Vírus da poliomielite 3; Vírus da rubéola; Vírus do sarampo

Para as infeções sexualmente transmissíveis será pesquisada a presença de DNA de Chlamydia trachomatis na urina e será determinada a prevalência de anticorpos IgG para: Treponema pallidum; Hepatite C; VIH

Ao longo do tempo o PNV sofreu várias alterações contendo atualmente vacinas contra 13 doenças, sendo que a última foi introduzida em 2015. Por rotina, a avaliação do PNV é feita através do cálculo das coberturas vacinais e da monitorização da incidência das doenças evitáveis pela vacinação.

Contudo é importante que estas avaliações sejam complementadas periodicamente com estudos serológicos de base populacional os quais permitem conhecer a imunidade a título individual. Para isso, é necessário fazer uma análise ao sangue e verificar se existem determinados anticorpos, processo que se denomina de “avaliação do estado imunitário”. Este conhecimento é essencial para escolher quais as vacinas que devem fazer parte do PNV bem como a idade e o número de doses que devem ser administradas.

Que atividades estão a decorrer?

Trabalho de campo: Presentemente está a decorrer o recrutamento de participantes em todo o país.

Ética: Este projeto foi aprovado pela Comissão de Ética do Instituto Ricardo Jorge e tem a autorização da Comissão Nacional de Proteção de Dados. Assim, está absolutamente garantida a confidencialidade dos dados de identificação e o anonimato dos resultados obtidos. Quem realiza as análises e avalia os resultados não terá qualquer conhecimento da identificação do participante.

A participação neste estudo é inteiramente voluntária. Pode recusar colaborar ou desistir em qualquer altura, sem ter que apresentar qualquer justificação e sem consequências. Caso resolva desistir, as informações recolhidas e as suas amostras serão imediatamente destruídas.

Trabalho de laboratório: Iniciaram-se os testes laboratoriais em abril de 2016 e estes vão decorrer nos próximos meses.

Resultados

Está a decorrer o trabalho de laboratório mas neste momento ainda não existem resultados para apresentar.

Financiamento

O ISN 2015-2016 tem um financiamento de cerca de setecentos mil euros, dos quais 85 por cento são assegurados pela Islândia, Liechtenstein e Noruega, através do Programa Iniciativas em Saúde Pública dos EEA Grants, e 15% pelo Estado Português. O Programa Iniciativas em Saúde Pública é da responsabilidade da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS).

Os EEA Grants (European Economic Area Grants) destinam-se a apoiar iniciativas e projetos em diversas áreas programáticas, com vista a reduzir as disparidades económicas e sociais e reforçar as relações bilaterais entre os Estados Doadores e os Estados Beneficiários.

Para mais informações sobre o Inquérito Serológico Nacional 2015-2016, consulte:

Folheto informativo INS 2015-2016

Cartaz INS 2015-2016

 

Contactos

Dra. Paula Palminha
Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge
Departamento de Doenças Infeciosas
Av. Padre Cruz | 1649-016 Lisboa
Telefone: (+351) 217 508 173 | e-mail: isn@insa.min-saude.pt

 

NATIONAL SEROLOGICAL SURVEY 2015-2016 IN PORTUGAL

The National Serological Survey - Portugal 2015-2016 (NSS) is coordinated by the Department of Infectious Diseases of the Instituto Doutor Ricardo Jorge (INSA), in collaboration with two private Clinical Laboratories: Laboratório de Análises Clínicas Dr. Joaquim Chaves and LABCO Group, which are responsible for the recruitment of participants. In addition, the NSS collaborates with other laboratories located in mainland and islands.

The NSS 2015-2016 is the 3rd survey to be conducted in Portugal and is the first that covers the entire national territory (mainland and islands).

AIMS

This study aims to determine the prevalence of specific antibodies (IgG) for the vaccine-preventable diseases for which the vaccines are included in the Portuguese National Vaccination Programme (PNV): Bordetella pertussisCorynebacterium diphteriaeClostridium tetaniHaemophilus influenzae type b (Hib); Hepatitis A vírus; Hepatitis B virus (HBsAg, anti-HBs, anti-HBc); Mumps vírus; Poliovirus – type 1; Poliovirus – type 2; Poliovirus – type 3; Rubella vírus; Measles vírus

For sexually transmitted infections will be performed the detection of Chlamydia trachomatis DNA in urine and the prevalence of specific IgG antibodies for the following agents: Treponema pallidum; Hepatitis C vírus, HIV.

Over time the Portuguese PNV has undergone several changes. Currently this programme contains vaccines against 13 diseases. The last one was introduced in 2015. The PNV is routinely evaluated by the determination of vaccination coverage and the monitoring of the vaccine-preventable diseases.

However it is important, that periodically, these indicators be supplemented with serological population-based studies which allow us to know the immunity of each individual. For this is necessary to perform a blood test for checking for certain antibodies. This process is called "determination of the immune status." This knowledge is essential to choose which vaccines should be part of the PNV as well as the age and number of doses to be administered.

What we do

Field work: At the moment the recruitment of participants is ongoing across the country.

Ethics: This study was approved by the Ethics Committee of the National Institute of Health Doutor Ricardo Jorge and has authorization from the National Data Protection Commission. It is absolutely guaranteed the confidentiality of participant’s identification and anonymity of results. Who performs the laboratory tests and data analysis will not have any knowledge of the participant identification.

We want to remind you that your participation is voluntary. You might refuse to participate at anytime, without further explanation or consequences. If you give up, your data and biological samples will be destroyed.

Laboratory work: This part of the project was initiated in April 2016 e is going to continue in the next months.

RESULTS

The laboratory work is ongoing and at this moment we do not have results to present. 

Funding 

The NSS 2015-2016 has a funding of approximately seven hundred thousand euros, of which 85% are donated by Iceland, Liechtenstein and Norway through the Public Health Initiatives Programme of the EEA Grants (European Economic Area Grants), and 15% by the Portuguese Government. This programme is the responsibility of the Portuguese Central Administration for the Health System (ACSS).

The EEA Grants aim to support initiatives and projects in various programme areas in order to reduce economic and social disparities and strengthen bilateral relations between the Donor States and the Beneficiary States.

For more information: Flyer (in Portuguese) | Poster (in Portuguese)


CONTACTS

Dra. Paula Palminha
Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge
Departamento de Doenças Infeciosas
Av. Padre Cruz | 1649-016 Lisboa
Telefone: (+351) 217 508 173 | e-mail: isn@insa.min-saude.pt