Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge
siga-nos RSS Facebook Twitter YouTube
Enviar E-mail

 Infecções Sexualmente Transmissíveis

 

Laboratório Nacional de Referência de Infecções Bacterianas Sexualmente Transmissíveis

Chlamydia trachomatis, Neisseria gonorrhoeae e Treponema pallidum são bactérias responsáveis por infecções sexualmente transmissíveis (IST). C. trachomatis é a IST bacteriana mais frequente em todo o mundo. Tais IST são frequentemente assintomáticas (sobretudo C. trachomatis) escapando por isso ao diagnóstico e ao tratamento adequados. Quando tal acontece, podem evoluir para situações clínicas graves, tais como infertilidade feminina (por C. trachomatis e N. gonorrhoeae), morte fetal e lesões cardíacas e/ou neurológicas (por T. pallidum).

O Laboratório Nacional de Referência de Infecções Bacterianas Sexualmente Transmissíveis do Departamento de Doenças Infecciosas do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), cujo responsável é o microbiologista nacional das STI no ECDC, dedica-se ao estudo das estirpes de C. trachomatis, N. gonorrhoeae, T. pallidum que infectam a população portuguesa. Neste contexto, têm sido realizados estudos de caracterização molecular e fenotípica das estirpes portuguesas. Na área da investigação, têm sido realizados estudos genómicos e de expressão genética que visam contribuir para a melhor compreensão da sua evolução e dos seus mecanismos de patogenicidade, com potencial utilidade para a construção de vacinas. Recentemente, estes estudos foram alargados a Streptococcus agalactiae, dada a importância clínica no âmbito da possível transmissão vertical no momento do parto.

Acessoriamente, outras bactérias responsáveis por infecções bacterianas urogenitais são igualmente objecto de estudo de vigilância no laboratório, nomeadamente, micoplasmas urogenitais (Mycoplasma hominis, M. genitalium e Ureaplasma urealyticum) e Haemophilus ducreyi.

 

Inclusões de Chlamydia trachomatis

 

Treponema pallidum

 

Neisseria gonorrhoeae

Chlamydia trachomatis

 Treponema pallidum

 Neisseria gonorrhoeae


Equipa

  • Maria José Borrego, PhD, Responsável do laboratório
  • João Paulo Gomes, PhD
  • Maria Arminda Ferreira, Técnica Diagnóstico e Terapêutica
  • Albertina Paulino, Técnica Diagnóstico e Terapêutica
  • Alexandra Nunes, Bolseira de Doutoramento
  • Carlos Florindo, Bolseiro de Doutoramento
  • Vítor Borges, Bolseiro de Investigação Científica
  • Rita Ferreira, Bolseira de Investigação Científica